TEATRO DA VIDA

cortina

Não se atua quando tem sentimento
Não se representa quando se sente
Não se finge quando se vive
No palco da vida não tem ensaio
Não tem esquete
Mas tem risos
Dramas e lágrimas
Palco de uma peça só
Protagonista de uma história
Dramaturgo
Sem tempo pra ensaiar
Sem ter de decorar
Apenas improvisar
Peça grande
Grande elenco
Duetos, monólogos
Tragédia
Comédia
Irônico, tragicômico
Grandes companhias
Companhia de um homem só
Companhia sem companhia
Primeiro ato
Merda
Segundo ato
Quebre a perna
Terceiro ato
Entra em cena
Ser ou não ser
Seja você
Essa é a questão
Esse é o timing
Não use caco
Casa vazia
Coração oco
O público não vê sua alma
Perdi minha fala
Deu branco
Não tem aplauso
No proscênio
Na coxia
Não estou mais em cartaz
A peça não volta atrás
Remontagem?
Talvez
Outro ator
Outra diva
Outro texto
E no contexto
Volto ao camarim
Rio de mim
Tiro a maquiagem
Borrada pela lágrima
Sou o palhaço triste
Guardo o riso
Engaveto o figurino
Desmonto o cenário
Enrolo o lambe-lambe
Boto na sacola
Pego a deixa
Saio de cena
É hora de me entregar
Em um novo espetáculo.

João Aranha

20/10/09

Publicado em: Poemas

5 comentários em “TEATRO DA VIDA Deixe um comentário

  1. Será que o ator não perdeu a alma num personagem qualquer?
    Ou será que a platéia lhe roubou a emoção?
    Não sei, nas horas mais difíceis parece que no palco da vida o
    ator não enxerga platéia.
    Muito bonito JS.
    AP

  2. Nossa, Joao, muito bom, me vi retratada no seu poema, atriz que sou, frequentadora de palcos e coxias. Muito bom! Vou passar pra outros atores, dramaturgos e palhacos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s