O AUGE

O Auge

Já é tarde
O sono não vem
Amanhã é mais um dia
O meu dia é pro meu bem
Antes penso no deitar
Raras noites sem criar
A loucura encontra a paz
Noites passam e eu invento
Hoje é o meu momento
Amanhã meu bem-estar.

João Aranha

13/06/06

Publicado em: Poemas

Tagged as:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s