MAROTO

Maroto

Namoro mora na maré
Que maravilha maré
Que vai e volta
Envolta maré
Maravilha que não é mera
Maré que mareia
O mar do amor
Que namora esse mar
No luar entre o ar
Maresia que mira
E que mora no mar
E namora uma hora
Na beira do mar
Maravilha é a marola
Que quebra teu ar
Mirando, morando
Namoro não mero
Na mira do mar

João Aranha

12/06/06

Publicado em: Poemas

Tagged as:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s